Roube como um artista, seja criativo e veja sua agência de turismo crescer

Entenda o que sua agência de turismo pode fazer de diferente para atrai seu público alvo com eficiência.

Se inspirar em boas práticas e, sobretudo, saber se adequar isso a seu próprio negócio com criatividade e o uso das ferramentas corretas pode fazer com que sua agência de turismo chegue  mais longe. Descubra como aqui.

“Você tem que ser curioso com relação ao mundo em que vive. Confira, investigue cada referência, vá mais fundo do que qualquer outro. É assim que você irá em frente.”

A frase acima foi retirada do livro Roube Como Um Artista – 10 Dicas Sobre Criatividade, de Austin Kleon. No post de hoje, usaremos algumas citações como inspiração para falar como boas práticas podem e devem servir como norte na busca pelo sucesso no mundo dos negócios.

E como sua agência de turismo tem muito a ganhar com isso!

Isso porque, em um mercado cada vez mais competitivo e repleto de players, é por meio da criatividade e da busca por referências positivas que as empresas conseguirão se destacar.

 

Hoje não tem tempo ruim para o turismo

A crise econômica veio como um vendaval, causou estragos no Brasil, porém o país começa a se recuperar e voltar, mesmo que timidamente, a crescer.

No entanto, um setor em especial parece não ter sentido os efeitos dessa crise e, mesmo com a economia em retração, continuou apresentando índices positivos de crescimento.

Claro que estamos falando do Turismo, tema central deste texto, que segundo dados da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) cresceu 6,6% em 2017.

Outro órgão relevante para o país também publicou um estudo em 2017 que colabora para o crescimento do setor do Turismo no Brasil. Uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), publicada em abril do ano passado demonstrou, entre outros pontos que:

  • O turismo representa algo em torno de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e é responsável por nada menos que um em cada 11 empregos no mundo, segundo dados da Organização Mundial do Turismo;
  • Em economias emergentes como o Brasil, a participação do setor cresceu de 30% em 1980 para 45% em 2015 e deve chegar a 57% em 2030;
  • No Brasil, o setor é responsável por, aproximadamente, 3,6% do PIB, empregando, direta e indiretamente, mais de 2 milhões de pessoas.
  • O estudo publicado pelo SEBRAE destacou ainda que havia aproximadamente 36 mil empresas do ramo turístico no Brasil.

crescimento-mercado-milhas

O crescimento do setor exige ação das agências de turismo

O que estes dados mostram é a importância desse setor para a economia nacional e, mais que isso: denotam o crescimento que o ramo passa e continuará passando nos próximos anos.

Isso, sem sombra de dúvidas, acirrou a busca por espaço na área e, a empresa que deseja se destacar, terá que sair do lugar comum, já que o que não falta atualmente é opção para clientes que procuram pelos serviços de uma agência de viagens. Mas a pergunta que não quer calar é: como isso pode ser feito?

E essa resposta pode ser respondida com uma simples ação da sua parte: se inspirando em boas práticas.

Como sua agência de turismo pode roubar como um artista?

Voltemos ao tema principal de nosso texto – a menção a obra de Austin Kleon. O autor utiliza a expressão “roubar como um artista” porque acredita que artistas de verdade conseguem pegar para si as boas referências daqueles que os inspiram. A partir disso, criar seu próprio trabalho de forma original.

Se você quer fazer com que sua agência de turismo se destaque das demais, o primeiro passo é descobrir o que as empresas do setor fazem e que é visto pelos clientes como pontos positivos.

Contudo, é importante que isso seja feito de forma aprofundada, para que você tenha de fato conteúdo suficiente para se inspirar. Ou como disse Austin Kleon “Quanto mais boas ideias você tiver coletado, mais fontes terá para poder escolher quais irão te influenciar”.

A partir daí é preciso adaptar isso a seu próprio negócio, fazendo com que isso gere a identidade que ele precisa para poder também criar experiências positivas e, consequentemente, mais vendas.

Dessa forma, quem quer se destacar, em qualquer ramo que seja, precisa, antes de tudo, conhecer seus concorrentes, e como eles lidam com aspectos relacionados há:

  • Atendimento ao cliente;
  • Estratégias de captação e fidelização;
  • Suporte no pós-venda;
  • E, claro, custo-benefício.

 

Quem é antenado é que se destaca

Se falamos das inspiração que os concorrentes fazem, visando destaque no ramo de agências de turismo, uma boa estratégia é investir em estratégias de marketing digital.

O marketing digital têm muito a contribuir para atração e retenção dos clientes, além de colaborar para que boas experiências em relação à sua marca seja criada nos consumidores.

Dessa forma, não deixe de ter um site atrativo e agradável, ou ainda, se utilizar das redes sociais como meio de contato com cliente e divulgação de sua marca e de seus valores.

Outra estratégia que é muito eficiente e de extrema relevância  é o uso SEO (Search Engine Optimization). Em bom português, o ele faz a otimização dos mecanismos de busca.

Ele permite que as informações contidas em seu site, como também todos os demais conteúdos da página, sejam pensados e construídos visando a contribuir para seu melhor rankeamento nos mecanismos de busca da internet.

Nós abordamos essas estratégias, pois são decisivas e fundamentais para qualquer empresa que queira ser vista por seus clientes. No entanto, existem muitas outras e, se falamos em estar antenado ao que o mercado apresenta, não deixe de pesquisar mais sobre isso visando a gerar destaque a sua agência de turismo.

A boa notícia é que independente do tamanho de sua agência de viagem, muitas delas certamente cabem no seu bolso.

Fique atento as tendências – não deixe de investir em milhas

Se estamos falando em tendências para as agências de turismo atualmente, este texto não poderia, em hipótese alguma, deixar de falar do mercado de milhas aéreas que, hoje, movimenta nada menos que R$ 500 milhões por ano. E se você quiser ser competitivo, não pode ficar de fora desse ramo de negócio.

Até porque, ainda existe muito a ser explorado quando o assunto é milhas aéreas. Prova disso é que, apenas em 2016, quase 51 bilhões de milhas expiraram e não foram utilizadas pelos consumidores.

Isso prova que esse pode ser um mercado lucrativo. E agências de viagens são um dos principais setores da economia a qual esse negócio pode beneficiar!

Busque, portanto, se informar sobre o negócio com milhas, conheça as empresas do setor que realizam este tipo de negociação e, também esteja atento a este mercado, suas regras, suas tendências, sempre adequando isso à sua realidade.

Empresas como a Total Milhas pode ajudar você e sua agência de turismo a fazer os melhores negócios através de 3 passos simples. Acesse nosso sistema, depois faça uma busca com os destinos desejado e logo em seguida você encontrará diversos trechos com os melhores preços.

 

Agora você já pode alçar seus próprios voos

Esperamos que este conteúdo que traz da literatura a inspiração para que seu negócio prospere tenha de fato sido útil para que você busque sair do lugar comum e inovar em seu ramo de atuação.

Isso, com toda certeza, trará ganhos ao seu negócio, pois conhecer  a fundo o setor no qual sua empresa se insere, trabalhar se utilizando da criatividade e das ferramentas tecnológicas certas é a receita que toda empresa que visa ter sucesso precisa seguir.

Se ainda assim, tudo parece um tanto quanto complicado e você não sabe muito bem por onde começar, não fique parado esperando as respostas caírem do céu. Pois como muito bem disse Austin Kleon “é no ato de criar e de fazer nosso trabalho que descobrimos quem somos. Você está pronto. Comece a fazer”.

Agora é com você.


Você também pode gostar: