Conheça os melhores lugares para viajar em 2019!

Todo mundo merece um tempinho de folga para curtir sombra e água fresca se desligando da rotina de trabalho do dia a dia.

 

Para isso, selecionamos cinco lugares ideais para você e sua família ou amigos encontrarem a paz e a diversão durante as férias.

 

1 – Jericoacoara (Jijoca de Jericoacoara), Ceará

 

Jeri (para os íntimos ou para quem tem dificuldade de pronunciar o nome extenso) é considerada uma das praias mais bonitas do mundo.

 

Localizada dentro de um Parque Nacional, a região é ainda preservada e mantém aspectos rústicos, como ruas de areia e poucas construções. Por enquanto, ainda está garantido que quem visita Jeri encontre um destino paradisíaco.

 

2 – Fernando de Noronha

 

Como resistir aos encantos naturais de Noronha? É lá que fica a Baía do Sancho, já considerada pelo público do TripAdvisor como a praia mais bonita do mundo (em 2018 ela ficou na segunda posição).

 

Não dá para negar que é um local isolado e um pouco longe para chegar, além de ter seus valores elevados com a intenção de manter a conservação do meio ambiente. Porém, cada paisagem deste lugar vale a pena ser visitada.

 

3 – Búzios e Região dos Lagos – RJ

 

Com fácil acesso para quem sai de São Paulo ou Rio de Janeiro, Búzios é um dos lugares mais indicados para relaxar e ter boas vistas.

 

O local apresenta não só as belezas naturais, como também uma boa infraestrutura de hospedagem, qualidade de serviços, bons passeios e excelente gastronomia.

 

4 – Canadá

 

Além de ser um lugar indicado para passar férias, muitos turistas optam por mudar-se para lá.

 

Toronto teve crescimento de 240% na preferência dos usuários em 2018 e queda de 30% no preço médio da passagem – foi a queda mais alta registrada no preço médio dos destinos internacionais.

 

5 – Portugal

 

Em 2018, Portugal foi o grande fenômeno do turismo internacional.

 

Lisboa teve um crescimento de 436% na procura dos turistas brasileiros em 2018, em relação ao ao ano de 2017, e o Porto apresentou um aumento de 331%. Apesar da alta do dólar, houve queda de 5% no preço médio para Lisboa, e de 8% no preço médio para o Porto.

 


Você também pode gostar: